domingo, 17 de setembro de 2017

14 de Setembro: Um desfile comemorativo ao Centenário da cidade, que entra para história !

O Desfile do Centenário de Presidente Prudente, na Av.Washington Luis.



 Foi a festa tradicional de 14 de Setembro, comemorativa ao Centenário da cidade, com a presença de um público calculado em 25 mil pessoas, inclusive autoridades e convidados, reunidos no Palanque Oficial. (Fotos cedidas por Marcos Sanches, da Secretaria Municipal de Comunicações e O Imparcial). 

Gente importante no Desfile do Centenário: A nova e atual geração dos
pioneiros desbravadores: Vera Lúcia Dias Goulart e família.
Bandas e Fantarras no Desfile.
A tradicional família Marcondes, aqui representada por uma de suas
descendentes: Maria Marcondes Manganaro. Presença marcante.
Corporações Militares e Estudantes

  Uma festa consagrada para a Juventude dos dias atuais marca o Centenário!

Os Adolescentes deram  um show inédito. Por onde  passaram, os meninos foram aplaudidos e ovacionados pela plateia postada ao longo da Avenida. Para eles e para o público presente foi um show que valeu a  pena e que certamente ficará na memória de todos.  

Esta foi uma comemoração histórica. Envolveu várias gerações - desde 14 de Setembro de 1.917 - quando Francisco de Paula Goulart e sua esposa, Isabel Dias Goulart (Bela), implantaram aqui a cidade que viria a ser considerada a maior de todas numa extensa área da região do Extremo Oeste Paulista.     

Um bolo com 100 m. de comprimento foi especialmente confeccionado por
iniciativa do Sindicato da Panificação para homenagear a cidade e sua gente
durante a comemoração festiva do Centenário de Presidente Prudente.
  
Para o corte do bolo estiveram
presentes cerca de 4 mil pessoas.

  Um bolo especialmente preparado para comemorar o Centenário      da cidade de Presidente Prudente, no dia 14 de Setembro de 2017 !




A primeira fatia do bolo do Centenário vai para o Prefeito Nelson Roberto Bugalho, que por sua vez, decidiu repartí-lo com os que estavam mais próximos. Foi  uma disputa renhida, mas todos tiveram atendimento satisfatorio.

14 de Setembro é uma data consagrada à Santa Cruz. Mas em Presidente Prudente é festejada todos os anos, porque nesse dia - há cem anos atrás - Francisco de Paula Goulart e sua mulher, Isabel Dias Goulart (Bela) se declararam fundadores da cidade. O Poeta e Compositor César Cava - de saudosa memória - criou o Hino Oficial do Município e atribui a fundação da cidade a Marcondes e Goulart, quando o certo deveria ser o inverso, pois Marcondes somente se estabeleceu como Empreendedor do ramo de Loteamento de Imóveis, dois anos depois. Na verdade, foram dois os colonizadores pioneiros. Goulart do lado de cá (na Vila Goulart), e Marcondes do lado de lá da linha férrea (Vila Marcondes), respectivamente. O Desfile comemorativo ao 14 de Setembro realizado na Avenida Washington Luís, reuniu mais de 80 Grupos participantes. O público presente na área demarcada para o Desfile (juntamente com figurantes, autoridades e convidados) foi calculado em 25 mil pessoas. A população atual do município é de 225.275 habitantes, segundo estimativa do IBGE. A Parada Cívico-Militar que já havia sido realizada no dia 7 de Setembro se repetiu com maior adesão de participantes no dia 14 de Setembro, em comemoração ao Centenário de fundação da cidade. 


Concluído o Desfile histórico do Centenário da cidade, as atenções se voltaram para o IBC - Centro de Eventos - onde foi montado um bolo comemorativo com 100 m. de extensão, por iniciativa do Sindicato de Panificação e apoio do Setor de Gastronomia da Universidade do Oeste Paulista/UNOESTE. Logo após a realização do Desfile, começou a movimentação em torno do IBC - Centro de Eventos - onde o bolo foi montado e retalhado em pedações para atender a comunidade interessada. A concentração no local foi relativamente grande, com aproximadamente 4 mil participantes. Foi o maior bolo da história. Abordado, o Prefeito Nelson Roberto Bugalho confirmou que desde o ano passado já estava se  preparando para a comemoração festiva, que foi muito bem sucedida. Ao assumir a administração - disse - em pleno ano do centenário, o político admite que a cobrança tem sido maior; mas "o orgulho de estar à frente do Executivo em uma data como essa, fala mais alto". Lembrou que mesmo num ano difícil no cenário nacional e que se reflete no municipal, a cidade pode promover uma comemoração histórica. Questionado, ressaltou Bugalho: "O presente deixado por esses 100 anos é o comprometimento em investir. Prioritariamente na Educação por meio de inovações tecnológicas, além de priorizar a humanização".   

Entre os que acompanharam o Desfile do Centenário de Presidente Prudente (no palanque), alguns descendentes dos fundadores Goulart e Marcondes, da 4ª ou 5ª geração. A primeira a chamar a atenção dos presentes foi a Sra.Vera Lúcia Dias Goulart, que em sua mocidade teve a felicidade e a honra de participar de vários concursos de beleza. Entre os quais, o "Miss São Paulo", como candidata que oficialmente representou Prudente e teve excelente atuação. Representando a família Marcondes foi constatada a presença da Sra. Maria Marcondes Manganaro, que recordou algumas passagens de seus ancestrais. Embora tenham sido concentrados inúmeros eventos comemorativos ao Centenário da cidade no mês de Setembro, a programação prossegue até o último dia do ano de 2017. Um desses eventos está agendado para o IBC - Centro de Eventos. Trata-se do 8º Salão do Livro - de 29 de Setº a 08 de Outubro - e no mês de Novembro, o 23º Festival Nacional de Teatro - de 11 a 18 de Novembro de 2017 - no Centro Cultural Matarazzo.
  

NOTÍCIA EM TEMPO REAL -  Para se atualizar, acesse o Twitter:  www.twitter.com/altinocorreia


sexta-feira, 8 de setembro de 2017

No Centenário de Pres.Prudente, as mais idosas: Deolinda Soares Rodrigues tem 119 anos !

Deolinda Soares Rodrigues, nasceu em Junho de 1.898 e vive em Pres.
Prudente/SP há mais de 70 anos. Ela precisa e deve figurar no "Guiness".
As mais idosas receberam homenagens
especiais no Centenário da cidade.   
O Prefeito Nelson Roberto Bugalho, cumprimentou pessoalmente uma a
uma das personalidades escolhidas para receber homenagens públicas.
O Maestro Luizão animou a festa.
No Aruá Hotel, foram homenageadas as mais idosas (acima dos 100 anos), e embora as pesquisas tenham apontado 15 figurantes nos últimos três meses, apenas 8 sobreviveram. Assim mesmo, somente 4 puderam compareceram à solenidade. Demais foram homenageadas em casa. 
Da recepção para o Salão de Festas.
Um agradecimento muito especial.
Dona Deolinda e todos seus familiares e amigos vieram
prestigiá-la. A homenagem do Poder Público Municipal
consistiu na entrega de um Certificado e o Almoço de
confraternização, uma gentileza do Sr.Ricardo A.Ribeiro.
Gente jovem acompanhou tudo. 

      Um final feliz: D.Deolinda Soares Rodrigues em atenção ao nosso pedido decidiu mudar o clima de concentração e tenacidade e nos presenteou com este sorriso todo seu. Afinal, não é fácil chegar ao Centenário. Ela, foi mais além: conseguiu alcançar 119 anos e sobrevive há três séculos.                                                                                                     --------------------------

Para marcar os 100 anos de fundação de Presidente Prudente, o Poder Público Municipal - através da Comissão Organizadora dos festejos do Centenário da cidade - promoveu  encontro comemorativo no Aruá Hotel  tendo como principais convidados, moradoras com mais de 100 anos de idade. Para não cometer falhas eventuais, a Coordenadoria Municipal do Idoso realizou pesquisa, a fim de apurar com dados oficiais quantos idosos estariam em condições de receber essa honraria. O Coordenador João Gualberto de Paula concluiu que o número de idosos (acima dos 60 anos), é de 35 mil, dos quais quinze figuram como componentes da mais alta faixa etária. Convidados especialmente, somente oito confirmaram presença. Entretanto, para surpresa geral apenas quatro mulheres vieram para festejar o Centenário da cidade: Deolinda Soares Rodrigues (119 anos); Violanda Ferrari Bariani (103 anos); Rita Gonçalves dos Santos (101 anos) e Isaura Siqueira da Silva (100 anos). Os outros escolhidos (3 mulheres e 1 homem), impossibilitados de comparecer por problemas de saúde, receberão em suas residências na próxima semana, uma placa de Honra ao Mérito e um buquê de flores como homenagem.  

O diploma entregue como menção honrosa aos pioneiros da "Cidade Centenária" representa homenagem da Câmara Municipal e traz os seguintes dizeres: Pelos anos dedicados à família e à comunidade prudentina: "Saber envelhecer é a obra-prima da sabedoria e uma das mais difíceis tarefas na grande arte de viver". As quatro homenageadas no "Aruá Hotel", participaram de um Almoço oferecido inclusive aos familiares e acompanhantes pelo empresário Ricardo Anderson Ribeiro. Na ocasião, o Prefeito Nelson Roberto Bugalho fez uso da palavra para se congratular com todas as homenageadas. "Render homenagem aos idosos é uma forma de valorizar aqueles que construíram a história de Presidente Prudente" - disse. E acrescentou: "Por muitos anos, foram eles que cuidaram de nós e se doaram  para que seus descendentes pudessem ter condições de viver com dignidade... Agora é a nossa vez.de retribuir. Essa honrosa homenagem é a forma que encontramos para dizer:  Muito Obrigado a todas as pessoas" - concluiu.

Conforme Certidão nº 103.052. Livro A-98, fls.31, Deolinda, nasceu no dia 24 de Junho de 1898 em Belo Horizonte/MG. Foi casada com o Sr.João Soares de Oliveira, segundo nos contou em 1ª mão em 2006 no Calçadão de Presidente Prudente. De Minas Gerais ela mudou-se para o Estado do Paraná e depois (viúva), e vivendo sozinha se transferiu para Presidente Prudente há mais de 70 anos. Para sobreviver ela recebe uma Aposentadoria equivalente ao salário mínimo, além de pequena ajuda de pessoas generosas que lhe dão o indispensável para a subsistência e compra de medicamentos; especialmente pressão arterial e artrose. Seus descendentes chegam a mais de duzentos até hoje. Depois da morte da japonesa mais idosa do mundo (Misao Okawa), em 2015, Deolinda Soares Rodrigues se considera a mais idosa do país e eventualmente, do mundo. Para comprovar, depende apenas e exclusivamente da confirmação pelo "Guiness", o Livro dos Recordes.  

NOTÍCIA EM TEMPO REAL - Para se atualizar, acesse o Twitter: www.twitter.com/altinocorreia


quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Os primórdios da história de Presidente Prudente Centenária !

Aqui começa a grande epopeia vivida pelos primeiros habitantes do
Sudoeste Paulista, quando Mapa do Estado se escrevia com dois "P"s.
 Na extremidade do Pontal, a Serra que se destaca. Hoje:Morro do Diabo.
Pistoleiros que matavam índios. 
Entre eles, os 1ºs.desbravadores.  

Muito antes da chegada da Ferrovia, toda a região de Presidente Prudente era habitada pelos índios das mais diferentes
Etnias. Entre as quais, as tribos de fala Guaraní:  Xavantes, Caigangs, Coroados e Caiuás

                 Como se desenvolveu a ocupação desta região, a partir da Lei de Terras de 1.850

A trilha transformada em Estrada
Boiadeira, foi a 1ª. Via de penetração.
O Professor José Caetano da Silva, deu uma aula de História como um
dos convidados da Sociedade de Livres Pensadores, na FCT/Unesp:
Acontecimentos que anteciparam a chegada da Ferrovia há 100 anos.


Os pioneiros e fundadores de Pres.Prudente:Isabel e Francisco Dias Goulart.
A Praça da Bandeira começa aqui.
A Esplanada e Estação da EFS.
A palestra pronunciada pelo Professor Caetano na Unesp foi um
resgate histórico, cheio de surpresas que empolgou toda a plateia. 

-------------------------------------
Uma imagem que poucos moradores guardam na memória: exceto os que viveram os velhos tempos na cidade de maior desenvolvimento no Oeste Paulista, tornando-se "Capital Regional".  


  Uma imagem da área central de Presidente Prudente, que remonta aos anos 40 e 50. Em primeiro plano, a Praça   9 de Julho, o antigo Paço Municipal (à direita), a Catedral de São Sebastião, o Edifício dos Correios e à esquerda, o antigo Fórum da Comarca. O restante foi destinado ao   setor residencial da cidade..        
                                     ---------------------------------
Daqui a duas semanas, mais precisamente no dia 14 de Setembro - dedicado à Santa Cruz - a cidade de Presidente Prudente estará promovendo sua maior celebração de todos os tempos: a comemoração do seu 1º Centenário de fundação. Tudo é festa, reunindo desde as mais destacadas autoridades e convidados, até os mais humildes prestadores de serviços. Por toda parte se vê demonstrações de alegria e otimismo, enquanto a maioria da população se mostra empolgada com as manifestações festivas. No decorrer dos últimos dias foi intensificada a divulgação dos atos comemorativos - que terão inclusive um bolo com 100 m.de comprimento - a ser cortado e servido aos presentes no IBC/Centro de Eventos. Palestas, em especial os historiadores, vem recebendo convites  para falar sobre o evento e os fatos marcantes de um passado inesquecível. Um deles é o Prof.José Caetano da Silva, nascido em Maravilha/Alagoas em 1948, que veio para nossa região com 5 anos de idade. Em 1971 mudou-se para Presidente Prudente, onde cursou a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras/FAFI, orígem da Unesp (pioneira na região), onde colou grau e foi Professor graduado durante 28 anos. Também atuou como Catedrático em vários Estabelecimentos de Ensino, inclusive a Instituição Toledo de Ensino.

O Prof.Caetano abriu sua palestra "Gênese de Presidente Prudente", falando como se desenvolveu a ocupação do Sudoeste Paulista a partir da "Lei de Terras" de 1850, O tema procura mostrar o processo entremeado de usurpação de terras devolutas a partir da "grilagem e da violência, resultante do confronto entre o homem branco e os índios. E também entre os próprios homens brancos. Em destaque: José Teodoro de Souza (mineiro), que a frente de 1.000 bugreiros - matadores de índios - dizimou e expulsou tribos inteiras de selvagens de fala"Guarani", como: os Xavantes, Coroados, Caigangs e Caiuás. Prof.Caetano mostrou em fotografias, a chegada a pé do mineiro Francisco Dias Goulart ao "Alto Tamanduá" o 1º nome dado a Presidente Prudente, em 14 de Setembro de 1917 depois de desembarcar na Estação da EFS no mesmo dia. Goulart veio com a intenção de ser Produtor Rural e Industrial. Enquanto isso, outro Coronel: José Soares Marcondes chega dois anos depois, revelando sua intenção de promover a venda de terras através de uma Companhia de Colonização, sediada em São Paulo.

Mediante projeção de imagens fotográficas, o Prof.José Caetano da Silva mostrou como se desenvolveu o processo econômico da cidade, desde  a extração das madeiras, a agricultura, a começar pela cafeicultura na década de 20. O ciclo econômico que começou com a rubiácea, se estendeu à malvácea, oleaginosas e  hortifrutigranjeiros, o que contribuiu para que a cidade se tornasse atrativo que se projetou por todo o País.
Houve geração de riquezas, trabalho e progresso avançado com o maior desenvolvimento. Presidente Prudente foi o nome dado à Estação Ferroviária em 1919, numa homenagem ao então Presidente da República, Prudente José de Morais Barros.

NOTÍCIA EM TEMPO REAL -  Para se atualizar, acesse o Twitter: www.twitter.com/altinocorreia


domingo, 20 de agosto de 2017

A arte da grafitagem dá "outra cara" à paisagem urbana de Presidente Prudente !

O Prefeito Nelson Roberto Bugalho dá o lance inicial dessa obra de
grafitagem em Maio de 2017, que a Equipe de Leonardo Ferreira executa.
  

Mural concluído em poucos dias. 

A titulo de comparação: Este painel foi um dos primeiros que o grafiteiro Leonardo Ferreira executou há dez anos. 

Com suas assistentes, Leonardo (Leozinho) dá novo visual à cidade.
Segundo o Prefeito Bugalho, com a grafitagem o muro ganha vida e dá um
novo olhar para a cidade "Centenária" de Presidente Prudente. 
   O Promotor André Luis Felício cita a importância da arte da grafitagem e lembra que o MPE realiza campanha contra a poluição visual, que pode ser combatida e solucionada através da arte do grafite e valorização dos grafiteiros. 
Quem estiver trafegando rumo ao Centro Cultural Matarazzo, percebe
que um novo visual está surgindo para quebrar o ambiente rústico da Vila.
 A importância da grafitagem: Confira!  


Estas são as novas imagens que Leonardo Ferreira implantou através
de sua obra de arte e profissionalismo na Rua Floriano Peixoto.


       A ARTE QUE VALORIZA !
25 anos de atuação no grafite.



 Na conclusão desse trabalho de arte que empolga toda a população e visitantes, ainda se espera algumas surpresas. Como vem sendo demonstrado no painel que Leonardo Ferreira e sua equipe estão produzindo nesta via pública  - junto ao Centro Cultural Matarazzo - em Presidente Prudente/SP.                                                                 ----------------------------------
Grafite é uma forma de manifestação artística em espaços públicos. Existem relatos e vestígios dessa arte desde o Império Romano. Na idade contemporânea se deu na década de 1970 em Nova York e também introduzido em São Paulo na mesma época, sendo reconhecido entre os melhores do mundo. Presidente Prudente não ficou para trás: a arte do Grafite empolgou em 1992 o jovem Leonardo Ferreira - o Leozinho - que começou a exercitar sua mente, depois de um breve contato com um paisagista. Grafite ou Graffiti é a mesma coisa: a Arte que transforma vidas e paisagens, como vem acontecendo em alguns pontos  da cidade, que este ano comemora o seu 1º Centenário. Para isso, o grafiteiro e sua equipe vêm se dedicando ativamente à essa arte que tem como referência as cercanias do Centro Cultural Matarazzo; que recebeu do Prefeito Nelson R.Bugalho e do Secretário de Cultura, Fábio Nougueira todo o apoio necessário, a fim de dar uma "cara nova" à paisagem urbana.     

Revendo nossos arquivos, constatamos a atuação do grafiteiro Leonardo Ferreira, desde longa data. Textos e fotos ilustram o Blog "Memórias de um Repórter do Interior" desde 2007.  Destaque para os locais escolhidos, como as imediações do Museu e Arquivo Histórico Municipal; Prudenshopping e Tenis Clube (na Av.Washington Luís). Posteriormente: painéis expostos nas proximidades da antiga Estação Ferroviária e Centro Cultural Matarazzo. Nesse último, existe atualmente uma concentração de trabalhos mais amplos e abrangentes através de um painel de 455 m2 (defronte à Rotatória). Outro painel urbano tem 253 metros lineares, com desenhos que envolvem a fauna e a flora brasileira. Nossa Equipe se chama "Entre Cores Crew" e foi criada em 1994, com a finalidade de divulgar a Arte do Grafite pela região - disse Leozinho. Hoje, somos três grafiteiros: Felipe do Monte (FM), Tiago Dezidério (Tizy) e eu, Leonardo Ferreira, que sou funcionário público. Na Equipe de grafitagem atuam 16 alunos recém-formados.  

É importante ressaltar que existem gírias curiosas para identificar - segundo Eliene Pereira - os que atuam nessa Arte que faz transformações. Grafiteiro/Writter é o Artista que pinta; Bite: Imitar o estilo de outro grafiteiro; Tag - Assinatura do grafiteiro: Toy - Grafiteiro iniciante e Spot: lugar onde é praticada a Arte do grafitismo.  Leonardo cita os objetivos específicos do grafiteiro: a) - Despertar o senso de conservação do espaço utilizado; b) - Reaproveitar o espaço para manifestação de arte e cultura; c) - Transformar o espaço em "corredor de galeria artística a céu aberto" e d) - Destacar a diferença entre o grafite e a pichação". Para a realização de seus trabalhos, a equipe depende muito de patrocinadores - e até mesmo para a aquisição de material destinado ao seu trabalho - são muitas as dificuldades, pois só existe uma empresa especializada em artigos para grafiteiros.                                           
                           
NOTÍCIA EM TEMPO REAL -  Para se atualizar, acesse o Twitter: www.twitter.com/altinocorreia