domingo, 21 de agosto de 2016

Indústrias de Bebidas: Desde 1922, Presidente Prudente lidera o mercado de produção regional !

           O Colonizador Francisco de Paula Goulart fundou a cidade e foi o 1º.Industrial do ramo de bebidas.
     --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
A cidade se desenvolveu rapidamente e hj tem mais de 222 mil moradores.
Os "Arranha-céus" estão por toda parte. Alguns com mais de 20 andares.




Operando desde 1967 a Fonte Santa Inês produz e distribui Água Mineral
para abastecer a Capital,, parte do interior de São Paulo e Estados vizinhos
do Paraná e Mato Grosso do Sul com mais de 1 mil postos de venda.
A empresa dedicada à extração, tratamento, envazamento, distribuição e
venda de Águas Minerais Naturais tem sua sede em Presidente Prudente,
gerando mais de 60 empregos diretos e centenas de indiretos.
 As indústrias que fazem história !
BEBIDAS ASTECA NO D.I.
Asteca: Linha de produção contínua.  
Do Distrito Industrial de Presidente Prudente para abastecer o mercado:
Sua história começou no no de 1948 com a produção de xaropes e molhos
de pimenta e soja.O negócio prosperou e ganhou prestígio em todo o pais.
Além do Mercado Interno, a produção de Cerveja e Chope em Presidente Prudente, vem conquistando fatia preferencial no mercado Externo. As encomendas -segundo o Produtor Luiz Carlos Freitas- estão superando todas as expectativas. 

Cerveja também
se destaca no
mercado de SP
e do Brasil.
------------------------
O melhor mesmo é
conhecer o que se
produz em Prudente.

Esta é a marca identifica a nova indústria.
Além dessa produção,
também sai com muita
propriedade o Chope
 para a Capital e Interior.
-------------------------------
Cerveja e Chope com
Puro Malte tem venda
garantida até Dezembro. 
Na produção de BEBIDAS FUNADA em Pres.Prudente, uma extensa linha de refrigerantes. 
UM SALTO PARA O FUTURO:
Começando em 15/09/1942 como
uma pequena indústria de bebidas,
FUNADA E FILHOS construíram
aqui, uma das maiores empresas de
âmbito familiar que se tem notícia no
interior brasileiro. De 150 garrafas p/
hora, sua capacidade de produção
alcança atualmente de 3 a 5 milhões
  de litros mensalmente.

 Esta imagem identifica o que pode ser considerado um dos maiores empreendimentos da história familiar no Brasil. Seus produtos da linha industrial alcançam os Estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul - além dos países - Paraguai, Bolívia e Japão.                                                                        ----------------------------------------------
A história que envolve as Indústrias de Bebidas em Presidente Prudente remonta ao ano de 1922, quando a família Goulart (fundadora da cidade), implantou a 1ª Usina de Açúcar e Álcool. Daí, a orígem da indústria canavieira, com a produção de cachaça. No decorrer dos anos, surgiram outras empresas dedicadas à produção de bebidas alcoólicas ou refrigerantes; que além de Prudente se instalaram em cidades próximas, como: Regente Feijó, Presidente Bernardes, Caiuá e Presidente Venceslau. É o caso de Bebidas Bandeira, Sparta, Zangirólami, A Caprichosa, Wilson, Asteca e Funada-Indústria e Comércio. Soma-se a isso uma distribuidora de vinhos, que recebia boa parte da produção vinícola do Rio Grande do Sul para engarrafamento e exportação c/crédito para Presidente Prudente. No decorrer dos anos, as duas Indústrias de maior desenvolvimento foram: Bebidas Asteca, implantada no Distrito Industrial; e Indústria de Bebidas Funada, com sua sede na Avenida J.K. nº 2.587.   

Fundada em 18 de Junho de 1948 pelos imigrantes Keniti Fukuhara e Massa Honda, a Empresa Asteca Hinomoto se consolidou no mercado pela qualidade de suas matérias primas e moderna tecnologia de produção. Especializada nos setores de bebidas e alimentos, a marca ASTECA conquistou posição privilegiada com forte presença do mercado brasileiro, Mas também no mercado internacional como: EUA, França, Holanda, Itália, Portugal, Japão, China e países do Mercosul. Essa expansão não para: agora está sendo construída uma nova unidade industrial em Lupionópolis, Estado do Paraná. Em Presidente Prudente, a grande novidade do momento é a implantação de uma Fábrica de Cerveja e Chope "Landbier-Pilsen", com produção artesanal de alta tecnologia. Uma iniciativa do Sr.Luiz Carlos Freitas (Mantovani), à Avenida Joaquim Constantino, 800-A. Anteriormente, o empresário produzia vinhos finos para atendimento de sua clientela. Hoje, sua Cerveja e o Chope são vendidos não só em Prudente, mas também na Capital e Interior de São Paulo; e ainda (por encomenda) nos Estados do PR, RJ, PI, MG, PE, MA, SC e RS.

Água Mineral Natural "Santa Inês" domina o mercado consumidor desde que foi criada e implantada a partir de 1967 pelo Sr.Mariano Moura e posteriormente sucedido pelo filho Roberto Moura (ambos falecidos) e a partir de 2007 pelos irmãos Fernando e Luciene. Água Mineral - natural e gaseificada - com galões, garrafas PET e copos. Sua área de atendimento é representada por mais de 1 mil distribuidoras em SP, PR e MS. O maior destaque do momento é da Indústria de Bebidas Funada, que teve como seus fundadores os imigrantes: Mampei e Kimi Funada, que vieram para o Brasil (com os filhos) em 1931. Posteriormente, em 1947 a família Funada deu um passo importante! Implantou uma indústria pioneira: Funada e Filhos, para produzir Guaraná, Soda Limonada, Água Tônica, Xaropes, Conhaque, Aguardente de cana, Quinado, Raiz amarga e Vinagre. Entre as décadas 50/60 vieram grandes mudanças e a empresa passou a ser identificada como  Indústria de Bebidas Funada Ltda. Prioridade para a produção de bebidas com novos sabores: Tubaína, Guaraná, Laranja (Mikan), Limão, Uva, Citros, Refricola e RC Cola. Na extensão, veio a nova Linha Zero e mais recentemente:, refrigerantes de Matte, com a marca "Mate Chimarrão Funada" e o relançamento do "Frutuba", produto instituído com redução de açúcar; porém, de um sabor fantástico..

O carro chefe da Indústria de Bebidas Funada sempre foi a "Tubaína". Esse refrigerante - segundo a Assessoria da empresa - representa 64% das vendas. A produção sazonal varia entre 3 a 5 milhões de litros por mês; e além do Brasil as exportações são feitas para o Japão, Bolívia e Paraguai. O equivalente a 1/5 de sua produção industrial.
.
NOTÍCIA EM TEMPO REAL - Para se atualizar, acesse o Twitter:  www.twitter.com/altinocorreia

domingo, 14 de agosto de 2016

Mobilidade Urbana: Mais de 200 mil veículos nas ruas de Presidente Prudente !



    A cidade cresceu demais. Fundada em 1917 tem hoje uma população acima
dos 220 mil habitantes. Impressionante: o número de veículos em circulação é    quase equivalente a uma unidade no percentual atribuído a cada morador. 

O desenvolvimento de Presidente Prudente é marcante. Nesta foto, procuramos mostrar
a área central da cidade, com destaque especial para os grandes edifícios (de até 25 andares). 

A pequena cidade no seu desenvolvimento não estava preparada para abrigar agora, uma frota tão grande!

O movimento é intenso em todos os pontos da cidade. Mas ainda falta o
mais importante - respeito ao Pedestre - e principalmente Educação de
Trânsito. Referência à Campanha em vigor: SEJA GENTIL !


Áreas demarcadas p/Estacionamentos
na área central,nem sempre respeitados
Pátio/Estacionamento em desativação.


A implantação dos Controladores Eletrônicos - mais conhecidos
por "Radar" - teve redução de 71% nos óbitos, comparando c/período
anterior;72% de redução em atropelamentos e 34% em acidentes c/vítimas.
Tráfego de veículos sob controle
nas principais Avenidas da cidade.
Os novos Radares funcionam dia
e noite, controlando a velocidade
(60 km/h) e avanços do Sinal
Vermelho que dão multas e
perda de pontuação na CNH. 

No tráfego urbano - segundo a SEMAV -circulam mais de 200 mil veículos.




          De acordo com o IBGE, a população de Presidente Prudente é de 222.192          habitantes (conforme dados do ano 2015)  - Foto cedida por Marcos Sanches. 


 No Hino Oficial de Pres.Prudente, diz o poeta e compositor César Cava: "Cresceu, cresceu demais.
E tão menina, orgulho desta gente prudentina". O Secretário Ayrton Carlos Dias, acrescenta:  A cidade se expandiu e na mesma proporção aumentou s/frota de veículos, que hoje passa dos 200 mil.                                                                 --------------------------------
Presidente Prudente já está se preparando para as comemorações do seu 1º.Centenário (em menos de cinco meses), no próximo ano de 2017. A bela e progressista cidade - segundo o Secretário de Assuntos Viários e Cooperação em Segurança Pública - Ayrton Carlos Dias, não estava preparada para abrigar e compartilhar um número tão grande de veículos como ocorre com a frota atual. Experimentamos hoje no dia a dia - diz ele - um trânsito lento, congestionado e engarrafado que só vimos acontecer em grandes metrópoles. Isto provoca inquietação e impaciência nas pessoas que conduzem seus veículos, tornando-se agressivas no volante. Sem perceber que passam a desrespeitar as leis de trânsito e o próximo. Centenas de acidentes de trânsito, atropelamentos e mortes, vem ocorrendo em nossa cidade nos últimos tempos. Devido à falta de conscientização e respeito de grande parte de nossos condutores.

"Não respeitamos o pedestre ao atravessar as vias públicas; fazemos uso de Celulares quando dirigimos; deixamos de usar o cinto de segurança - tanto nós como os passageiros, que via de regra são nossos filhos ou esposas (os).  Paramos no Semáforo sobre a faixa de pedestres; avançamos o sinal vermelho. Enfim, cometemos todo tipo de infração de trânsito que resulta em acidentes. E às vezes, lamentavelmente em "mortes". O Secretário Municipal da SEMAV, esclarece que o Poder Público vem incessantemente buscando soluções visando reduzir os altos índices de acidentes de trânsito, com maior sinalização, fiscalização e ações preventivas. Principalmente nas Escolas e abordagens educativas. Por fim, vem efetuando autuações aos infratores no intuito de reduzir esse ímpeto de transgressões às Leis do Trânsito. Em menos de um ano foram implantados os Controladores Eletrônicos de Velocidade, popularmente conhecidos por "Radar", com o único objetivo de reduzir a velocidade e acidentes de trânsito.  

Ayrton Carlos Dias, recorda que a SEMAV registrou reação de boa parte dos condutores ao  ser implantados os novos Controladores Eletrônicos, sob acusação de estarmos criando a "Indústria da Multa", quando verdadeiramente estávamos implantando o combate à "Indústria da Morte", como demonstram as estatísticas. Como consequência, houve uma redução de 71% nos óbitos e redução de 72% de atropelamentos e 34% nos acidentes de trânsito com vitimas. Por este motivo, Presidente Prudente tem muito por comemorar. Temos que nos reeducar para o trânsito; educar nossos filhos ainda pequenos, dando-lhes exemplos de boa conduta e educação no trânsito; e também com as pessoas que fazem parte dele. Principalmente os pedestres. Aliás, todos nós o somos. Vamos iniciar o 2º Centenário da querida cidade de Presidente Prudente, transformando-a em trânsito mais educado, gentil e humano - concluiu o entrevistado. 

NOTÍCIA EM TEMPO REAL -  Para se atualizar, acesse o Twitter: www.twitter.com/altinocorreia 
  


domingo, 7 de agosto de 2016

Sob pretexto de proteção, a arborização das ruas de Presidente Prudente está sendo mutilada !

A CIDADE BEM ARBORIZADA ENFRENTA SÉRIOS PROBLEMAS.
As mais diferentes espécies  da flora brasileira foram introduzidas na
 região desde longa data. Ninguém imaginaria a dimensão que essa
arborização atingiria no decorrer dos anos. E agora é um novo desafio !
Arborização da cidade deveria ser
padronizada, mas não é. Existem
também os que destroem a natureza.
Wilson Portela-Secretário do Meio Ambiente
-----------------------------------------
AS CALÇADAS TAMBÉM FORAM
SERIAMENTE AFETADAS.
Este  é um deles. A foto comprova !
Roberto Almeida Floeter - Arquiteto (formado pela PUC de
Campinas-SP em 1982 e Mestrado em Engenharia Urbana
pela UFSCar) admite que está havendo um desafio que só
o Plano Diretor da cidade, resolveria de forma satisfatória.
-------------------------------------------------------
AS SIBIPIRUNAS GANHARAM ALTURA  E  AGORA
COMPROMETEM A REDE ELÉTRICA DA CIDADE.
 
Como resolver um problema dessa natureza ?
A árvore cresceu demais, tendo aproximada-
mente 30 m.de altura. Calçadas danificadas. 
  Arborização das ruas não exigiu nenhum planejamento.

Visando proteger a rede elétrica, a concessionária decidiu
realizar uma drástica poda de árvore por árvore em todo o
perímetro urbano de Presidente Prudente. Esse rigor está
provocando reações de protestos.  Mas pouco se pode
esperar; a não ser que as árvores de grande porte sejam  de
imediato erradicadas e substituídas por outras espécies.




A nova administração pública de Presidente Prudente - a partir do
Centenário da cidade/2017 - tem que estabelecer critérios na % de
massa arbórea p/compensar o calor produzido p/Planeta.(Floeter).
 Galhos espalhados pelos dois lados da Avenida chamam a atenção. 
Em plena Avenida Washington Luís, uma "Jaqueira" quase centenária foi "desgalhada" e mutilada.
Redes de Energia Elétrica (de alta e baixa tensão) e cabeamento geral de telecomunicações passam pelo local.
Com isso, passaram a exigir manutenção permanente, o que vem acontecendo há algum tempo..
   No Centro ou na periferia de Prudente, a situação é a mesma: o que fazer com a arborização?
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Em alguns pontos da cidade, cuidado e dedicação dos moradores se
fazem sentir em todos os aspectos. Principalmente na questão ambiental.
A falta de arborização transforma ambientes urbanos em Ilhas de calor. 
Insegurança: Como fazer a
manutenção desses setores ? 


     Este deveria ser o exemplo a ser seguido por todas as pessoas de bem. Cuidar daquilo que a natureza nos  concede de bom em todos os momentos. Especialmente no que diz respeito à família e suas condições de vida. "Quem ama preserva. Preservar o meio ambiente é preservar a vida"!
                                                             ------------------------------.
  Presidente Prudente é considerada a maior cidade do extremo oeste paulista. Sua comunidade vai além de 222.192 habitantes - que somados à população flutuante - ultrapassa 270 mil pessoas. Os atuais habitantes estão estranhando o aspecto da arborização que cobre todo o perímetro urbano, porque além de estar sendo "mutilada" se verifica o descaso de alguns moradores que desconhecem as normas estabelecidas na preservação do meio ambiente. Como consequência, tornou-se constante a erradicação de árvores sadias em plena via pública, atribuídas por uma questão de visualização como prejudicial às fachadas de Lojas ou Residências. Por outro lado, a concessionária de Energia Elétrica - a titulo de proteção para suas redes - adotou um critério dos mais rigorosos, que na maioria das vezes acaba por mutilar árvore por árvore. Nesse aspecto, tomamos a liberdade de ouvir o Secretário Municipal do Meio Ambiente, Wilson Portela Rodrigues e o Arquiteto Roberto de Almeida Floeter, também especialista em Engenharia Urbana (PUC/Campinas e UFSCar), respectivamente.

Um dos objetivos mais importantes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente - SAMA - segundo o Secretário Wilson Portela Rodrigues foi o plantio de 200 mil mudas de árvores, estabelecido como meta da atual administração até o final de mandato. Soma-se a isso, a participação de empresas e instituições públicas e privadas, através de parcerias. Também, a participação de Ongs envolvidas num plano global de plantar nos fundos de vales, córregos e áreas verdes. Desta forma, está sendo desenvolvido um projeto que visa o plantio do maior número possível de mudas, a fim de compor a arborização da cidade. Com isso, a população passaria a contar em dias futuros, com 400 mil árvores (ou mais), visando principalmente melhorar as condições climáticas, combatendo a poluição e aumentando a conscientização sobre o meio ambiente. Nesse trabalho promovido pela Secretaria do Meio Ambiente de Presidente Prudente, está envolvido o Horto Municipal, que produz as mudas necessárias ao plantio.

Existem inúmeras recomendações na plantação de árvores que vão compor a arborização da cidade: O plantio deve ser orientado por especialistas. A falta de arborização transforma ambientes urbanos em grandes ilhas de calor. Presidente Prudente é uma dessas cidades envolvidas como "Ilha de calor". Segundo os entendidos não se recomenda a arborização de ruas estreitas e calçadas de 3 metros. O limite de altura das redes de energia elétrica, de baixa tensão é de 7 m e 20 centímetros; e de alta tensão 8 m e 20 centímetros. A arborização deve ser feita do lado oposto à fiação. No lado da fiação, árvores de pequeno porte, distantes de 3 a 4 m dos postes de iluminação. A poda das árvores - segundo se recomenda - deve ser feita no final do inverno e início da Primavera.

O Arquiteto e Urbanista Roberto de Almeida Floeter é de opinião que existe realmente um desafio; e Presidente Prudente precisa lutar para atingir o índice proposto pela ONU no que diz respeito ao "Verde por habitante", como temos na "Cidade da Criança". O novo Prefeito a ser eleito, terá por obrigação estar sintonizado com o novo esquema de trabalho e acompanhar o desenvolvimento sustentável, disponibilizado a todos os interessados. O mais importante - diz Floeter  - é que o prefeito eleito de Presidente Prudente tenha um Plano de proteção das nascentes e córregos urbanos; que estabeleça critérios de m3 na porcentagem de massa arbórea para compensar o calor a ser produzido por nosso Planeta. Cita também os loteamentos - que são muitos - e todos têm que reservar (obrigatoriamente), uma área para o Lazer com cobertura arbórea - concluiu.

NOTÍCIA EM TEMPO REAL - Para se atualizar, acesse o Twitter: www.twitter.com/altinocorreia

domingo, 31 de julho de 2016

Comida de Buteco: Bistrô "Fulô de Mandacaru" conquista o 1º Prêmio em Presidente Prudente !

 O concurso vem sendo realizado todos os anos - desde 2013 - e promete grandes promoções em 2017.
O casal Lucas Alessi e Simone Lebedenko está eufórico com a premiação
que conferiu ao Bistrô "Fulô de Mandacaru" o primeiro lugar na preferência
pública. Concurso Regional "Comida de Buteco" no 4º ano de realização
na cidade de Presidente  Prudente - S.P. Cachaça também, aqui não falta !
---------------------------------------------------
O "Bistrô" funciona na Avenida
Washington Luis, nº  1 0 3 0.


 "Coxinha de mocinha" figurou como o concorrente mais importante desse concurso regional.
   -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Para degustação, a "Coxinha de mocinha" é o primeiro ingrediente oferecido pelo Bistrô em Presidente Prudente.
ooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo
Lucas é só otimismo, graças ao
incentivo e apoio recebidos.

Simone ressalta que antes desse
concurso,conquistou mais prêmios. 
 O Bistrô dispõe de três ambientes 
Venham:aqui, todos são bem-vindos!
                Um ambiente especialmente decorado com motivos que relembram o passado vivido pela população brasileira nos seus vários aspectos sociais.

 A música genuinamente brasileira, interpretada pelos mais destacados
intérpretes - da antiga e nova geração - está representada neste painel.
Produtos de uso doméstico.

   Uma imagem real do nordeste brasileiro pode ser visualizada neste local da Av.Washington Luis, 1030.
Os visitantes que aqui chegam, têm a oportunidade de se transformar em
protagonistas do "Cangaço" que imperou no século passado no nordeste.




Esta é a Equipe de Atendimento do Bistrô "Fulô de Mandacaru", sob as ordens do casal Lucas e Simone.Destaque para os seguintes profissionais: Manoel, Fábio, Edmilson, Lucas, Leone e Bruna. 
                                ---------------------------------------------------
O Concurso "Comida de Buteco" instituído há quatro anos em Presidente Prudente, tornou-se o marco preferencial mais importante para degustação na cidade e região. Os concorrentes são muitos e poucos os que conseguem superar seus competidores nessa corrida por um melhor cardápio na área de alimentação. Neste ano, o vencedor foi o Bistrô "Fulô de Mandacaru" que funciona há quatro anos na Av.Washington Luis, nº 1030. A premiação principal que contemplou o Bistrô com 2.196 pontos foi atribuído à "Coxinha de mocinha", superando outros dois concorrentes: Dom Corleone no Parque do Povo e o Bar da 12, na Rua Doze de Outubro, com 2.190 e 2.186 pontos respectivamente. "Fulô de Mandacaru" vem concorrendo há três anos, figurando com o 2º prêmio em 2014 e o 3º prêmio em 2015. Simone Lebedenko, formada em Gastronomia pela Universidade Tiradentes/UNIT de Aracaju/Sergipe em 2013 é quem dirige o Bistrô, juntamente com o esposo, Lucas Alessi. Ele adora cozinhar e supervisiona tudo; mas é Jornalista com atuação profissional durante vários anos. Simone trabalhou em redes de restaurantes na Itália, Reino Unido e outros países, incluindo o Brasil, com três anos na área de Gastronomia em Aracaju/SE, transferindo-se para Presidente Prudente.

"Coxinha de mocinha" faz parte de um cardápio novo. Surgiu nos últimos dias do ano passado e a ideia deu certo, porque o brasileiro adora coisas gostosas - acentua Simone Lebedenko. E acrescenta: quem não gosta? A gente vai descobrindo novos processos a fim de produzir um novo cardápio; e as coxinhas conquistam novos consumidores. No Bistrô "Fulô de Mandacaru" - diz ela - a procura é muito grande: em média 250 unidades todos os dias. Essa novidade foi criada pelo cozinheiro Edmar Venâncio juntamente com a Simone. O cardápio é dos mais variados totalizando 28 pratos diferentes (com nomes pitorescos), como: "Fi do cabrunco"; "Dona Flor e seus 2 maridos", "Cabra da peste"; "Velho Chico"; "Virgulino Ferreira"; "Vegano virado na gota" (vegetariano). E ainda, "Gonzagão"/combo com 5 porções. Além de outros pratos: Jerimum arretado; Filé Baixa do Sapateiro; Risoto Cabra macho; Nhoques Cangaceiro e Baião de dois; Filé Folia de Reis; Banquete da gota serena; Filé Dois coronéis; Tabuleiro da baiana, Tieta e Gabriela.

O ex-Rei do Baião, Luiz Gonzaga - o "Gonzagão" - e outros consagrados nomes da música nordestina, bem como "Lampião - o Rei do Cangaço - e outras figuras marcantes do folclore brasileiro estão representados numa exposição permanente do Bistrô "Fulô de Mandacaru". Literatura de cordel, peças artesanais e objetos que figuraram na preferência de pessoas de origem nordestina estão expostos nos vários ambientes (interno e externo) dessa empresa do ramo comercial, em Presidente Prudente. Quem gosta da comida nordestina, encontra nesse estabelecimento que funciona aos Sábados - das 12 até Zero hora - Domingos - das 12 às 15hs - e. de 3ª a 6ª.feira - das 18 até Zero hora. Telefones para contatos: (18) - 3222-7698 ou (18) - 9-8131-1616.

NOTÍCIA EM TEMPO REAL - Para se atualizar, acesse o Twitter: www.twitter.com/altinocorreia