domingo, 22 de fevereiro de 2015

A cidade de Presidente Prudente está passando por grandes transformações !


No detalhe: uma das mais
recentes edificações. É o
prédio mais alto de toda a
região, com 25 andares.
Na parte térrea, Lojas do
ramo comercial; e logo em
seguida o Condomínio
Residencial.
Este é o Centro histórico e geográfico da cidade de Presidente Prudente,
envolvendo o "Quadrilátero central".  
Nos preparativos para o Centenário da cidade, em 2017 muita inovação deverá ser introduzida na área comercial. O comércio tradicional  implantado no "Quadrilátero central" está em franca expansão e descentralização.

Na Avenida Washington Luís, mansão se transforma em moderna Loja.
A cidade cresce em todos os sentidos e também se moderniza.
Aqui existiu um mansão residencial
 que foi moradia de um rico fazendeiro
e um grande empresário de transportes.
Hoje funciona uma Agência do Banco
do Brasil. E ao lado, outra mansão da
década 60 que foi a última residência
do então Prefeito Antonio Sandoval Neto.    A mansão foi transformada numa das mais modernas Lojas da Moda na região de Presidente Prudente.

Dr. Enio Luiz Perrone

Engº Laércio Alcântara - Secretário. 

Este imóvel construído como residência do Dr.Ennio Botelho Perrone foi um dosprojetos mais arrojados
da época em que foi edificado. O autor - segundo declara o Dr. Enio Luiz Perrone - foi o Engenheiro Kazuo Maezano. É mais uma mansão que se transforma em Loja comercial, onde vai funcionar um nova Escola. O Secretário Municipal de Planejamento do município, Engº Laércio Alcântara admite que está havendo na cidade, uma grande transformação.
Aqui residiu por muitos anos, o empresário Antero Moreira França. Logo
abaixo, o empresário César Audi. Antigas mansões se transformaram em
estabelecimentos comerciais, onde funcionam agora modernas Lojas..
Novas Lojas e suas Vitrines/Exposição. 

Quem chega a Presidente Prudente (depois de alguns anos de ausência), estranha a mudança que tem se verificado - não só na área central - mas também em outros pontos. Inclusive da periferia, em constante  transformação. Ruas tradicionais como a Gurgel, Barão, Maffei, Rui Barbosa e respectivas travessas têm novos estabelecimentos. Lojas antigas - com raras exceções - deixaram de existir ou mudaram de endereço.


 A movimentação de veículos pelas ruas e avenidas de Presidente Prudente tem aumentado de forma considerável no decorrer dos últimos anos. Quem chega, logo percebe que está havendo transformação. O comércio não é privilégio da área central. Já se expandiu de forma surpreendente por bairros adjacentes e também na própria periferia. É o caso da Cohab-Cecap, Ana Jacinta, Humberto Salvador e outros. Não se esquecendo do Prudenshopping e Prudente Parque.
                                         ---------------------------------------------------
Quem viveu os anos 50, 60 e 70 do século passado, conheceu no comércio de Presidente Prudente as mais importantes empresas da época: Martins Fadiga, Ao Paraíso das Sedas, Casa Almeida, Prudenfarma, Buri, Riachuelo, Brasimac, Brasútil e Brasaço; Ao Linho Puro, Ao Preço Fixo, Casa das Louças, Feltrin, Modas Irene, Restaurantes: H-2, Shoyama, Oasis e inúmeros outros estabelecimentos. São firmas que não existem mais, deixando recordações. É que o comércio, de um modo geral evoluiu e está na mais franca ascensão, expandindo-se além do "Quadrilátero Central". Soma-se a esse fator de desenvolvimento a implantação de novos empreendimentos representados inclusive por Shoppings, Super e Hipermercados, além de modernas Lojas e Agências Especializadas. Segundo o Secretário Municipal de Planejamento, Engº. Laércio Alcântara, soma-se 125 mil o número de carnês do IPTU distribuídos este ano pela Prefeitura de Presidente Prudente, evidenciando que a cidade está em constante desenvolvimento. Com isso, antigas mansões da área central ou adjacentes, estão sendo transformadas em estabelecimentos comerciais, com modernas Lojas. Isto se deve em parte à valorização imobiliária, com maior procura dos investidores para os Condomínios Residenciais (fechados), onde existem condições de mais conforto, segurança e tranquilidade.  

De acordo com o relato de Laércio Alcântara, as edificações anuais giram em torno de 500 mil m2, incluindo 14 novos Condomínios Residenciais. Comércio e Indústria recebem em média 150 a 200 novas unidades por ano, enquanto o setor residencial (80%), conta com 5 mil unidades habitacionais. Mas o déficit de moradias em Presidente Prudente ainda é grande. Em Janeiro de 2015 estavam inscritos como interessados na aquisição da casa própria, cerca de dez mil famílias. Entre 2009 e 2014 foram planejadas 3.600 unidades destinadas à famílias de baixa renda, das quais, 2.343 moradias estão ainda em construção. Soma-se a isso, outras 400 unidades  nos Residenciais: Tapajós, Bela Vista, Cremonezzi e Jardim Panorâmico, faltando apenas a infraestrutura. São moradias em terreno de 8 x 10, com 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço, calçada e piso de cerâmica, além de Aquecedor Solar em todas as casas. Acrescente-se os novos Condomínios (Verticais e horizontais), em fase de implantação: Damha Belvedere, Porto Madero, MartVille, Porto Belo, Rodobéns, Monte Azul, Jd Maracanã, dentre outros.

No passado, a Rua Dr.Gurgel era mais conhecida como "Rua dos Médicos". Isto porque as principais Clínicas, bem como Hospitais, Laboratórios e Farmácias se concentravam naquela área específica do centro da cidade, facilitando o acesso dos pacientes, muitos deles provenientes de outras cidades e regiões. Com o passar dos tempos, começou a descentralização e hoje, a maioria das Clínicas, Hospitais, Laboratórios e Farmácia se encontra em outros pontos do perímetro urbano. Grande parte foi para os bairros adjacentes ou mais distantes e a maior preferência foi para a Avenida Washington Luís, passando a funcionar em antigas residências, a exemplo de muitas e modernas Lojas. Em termos de proteção ambiental, o Presidente
da Câmara, Dr.Enio Luiz Perrone anuncia a plantação de 200 mil árvores em vários pontos da cidade. 

NOTÍCIA EM TEMPO REAL - Para se atualizar, acesse o Twitter:  www.twitter.com/altinocorreia

Um comentário:

  1. Robson (Mgá/PR)8 de abril de 2015 01:28

    Eu tenho muito interesse em conhecer prudente, até com intenção de fixar residência. No entanto, falam tanto que a cidade é extremamente quente, que isso me deixa assustado, confesso, porque se depender de seu atual estágio de desenvolvimento e potencial de crescimento, eu iria agora mesmo...

    ResponderExcluir